Uma mquina capaz de enganar um ser humano fingindo que tambm um ser humano isso ficou conhecido como teste de trem e Inclusive eu j, fiz um vdeo sobre Ento procure uma inteligncia, artificial seria, uma, mquina capaz de realizar atividades humanas de uma forma que o outro ser Humano no conseguiria distinguir se atividade foi feita por uma mquina, ou, por, um, celular, em, outras, palavras, o Inteligncia, Artificial seria, a capacidade que uma mquina teria de imitar, o comportamento humano agora, questo que surja como que ns podemos criar uma mquina que consegui me traga, o Comportamento humano de uma forma to realista que seja difcil distinguir se estamos lidando com, um, ser, humano, ou, uma, mquina, essa, pergunta, no to simples e responde E desde que tudo em um sou seu artigo, em 1950 diversos grupos de pesquisadores, tm se dedicado exclusivamente, a resolver Essa questo um bom comeo, o seguinte se ns estamos querendo imitar, a inteligncia Humana porque que ns vamos comeamos a partir dela e j que ns vamos imitar a inteligncia humana Que tal ns nos tornarmos, mais, inteligentes e adquirirmos, mais, habilidades, porque, voc, sabe n eu sei Que voc sabe a hora aquele momento do vdeo A Hora. Do momento falo eu prometo que vai ser rpido mas j que ns estamos falando sobre inteligncias artificiais em machine learning, Que tal aprender mais sobre esses dois tpicos com, a luta e melhor ainda que tal aprender um pouco de tudo com, apenas uma assinatura na lua e Se possvel voc, pode aprender Machine dormir, diversas linguagens de programao com, a minha favorita que aparentam s, se voc veio de outra linguagem tipos e, no esquea de usar identao isso importante edio de vdeos design e at curso de nossa e o melhor de tudo que voc.

No precisa pagar separadamente por nenhum desses, cursos com, apenas uma assinatura na altura, voc, tem acesso instantneo, a todos eles que tal aprender uma, habilidade nova, hoje, no importa se voc quer uma pigraid na sua carreira ou apenas conseguir, mais, conhecimento, porque, sempre, uma, boa ideia na Lua voc pode conseguir tudo isso, ao, mesmo tempo e existe uma promoo, especial para os inscritos, o Cincia todo dia voc est a um clique de distncia de uma assinatura que Expandir os horizontes do seu, o e Conhecimento vale ouro eu prometi, a ser rpido agora de Volta nossa discusso Se ns queremos imitar, a inteligncia humana Que tal comear por ela Ns seres humanos aprendemos sobre, o mundo, desde, o momento em que nascemos e comeamos, a observar e interagir com, o ambiente ao nosso redor tudo que os nossos sentidos captam veja, o momento Em que nascemos se transformam em dados do nosso crebro e dessa forma conseguimos os adaptaram e ao contrrio do que muitas pessoas acreditam bebs, no nascem com, o crebro e branco, ns, j, viemos, ao mundo, com, vrios, conhecimentos, inatos que ns vamos aprimorando com, o passar, do Tempo uma coisa interessante aqui Ns aprendemos observar padres vamos imaginar, o seguinte cenrio uma criana de quatro anos ainda na fase de aprendizado que est segurando brinker pode ser uma pea de Lego, carrinho ursinho de pelcia qualquer brinquedo que voc possa imaginar agora, a criana Solta esse Brinquedo e ele obviamente cai, no cho hum interessante a criana pega o brinquedo do cho levanta e solta novamente Oi gente, o brinquedo Carniel ainda mais interessante, a criana faz experimento diversa de diversas diversas vezes at que ela chega a uma concluso tudo que ela soltar vai Cair no cho isso interessante porque, a criana, no auge dos seus quatro anos, no precisa entender sobre fora; gravitacional ou resolver equaes de fsica, para entender que tudo que ela levanta e solta vai cair, no cho ela, no precisa de conhecimentos prvios de fsica muito menos que Ela est em um planeta que a fora gravitacional atrai tudo para o seu, centro, pelo contrrio, para entender o que est acontecendo agora s, precisa fazer uma srie de experimentos e observar que h, um padro esses experimentos tudo que ela levanta depois de ser solto vai cair De volta para o ch em outras palavras, a criana aprende, a observar e analisar padres todos esses experimentos viram dados obtidos pelo crebro da Criana e que sero utilizados para o resto da sua vida esse exemplo foi s, uma de nmeros, interaes e observaes do ambiente que Ns temos desde, o momento que ns nascemos at hoje desde conseguir diferenciar um, o gato l At aprender as placas de trnsito na hora de dirigir, mas sempre observamos interagimos com, o ambiente e assim, vamos obtendo dados, que nos ajudam, a realizar tarefas, no nosso cotidiano.

Se quisermos obter uma, inteligncia, artificial ento, no seria uma, boa ideia desenvolver um mtodo que imita essa forma de aprendizado dos seres humanos ou seja um mtodo que faa a mquina Obter dados do mundo, observar esses dados e conseguir, ento realizar, tarefas, essa exatamente, a ideia de Uma chillarmy ou aprendizado de mquina, o aprendizado de mquina, a cincia de fazer com que os computadores funcionam em sem ser explicitamente programados de acordo com, o popular curso de aprendizado de mquina de teste. J que o pesquisador e o estilo bomio e vencedor do prmio turing de 2018, a pesquisa e aprendizado de mquina faz parte da pesquisa Inteligncia Artificial que busca fornecer conhecimentos computadores por meio de dados observaes e interaes com, o mundo, esse conhecimento, adquirido, permitidos, como saber, a Camisa em corretamente para novas configuraes mas o que significa essas duas injees, o aprendizado de mquina e um mtodo que faz a mquina receber dados observar e interagir usando esses dados mas ns, no iremos explicitamente dizer como ela deve fazer isso, pelo contrrio, mas iremos, apenas deixar Que modelo aprenda por ser s, ela ter que se virar sozinha para entender, a relao entre esses, dados, qualquer, semelhana com, a vida, real, no mera coincidncia eu vou te dar um exemplo. Imagine que voc queira uma mquina capaz de distinguir raas de cachorro, voc como um ser humano sabe qual raa que um golden retriever mas para isso, voc, precisou antes de ser visto foto de um homem alm de outras raas ou ento, voc, no conseguiria, distinguir um pinscher De um Golden e essa distino extremamente importante porque um vai te morder e, o outro vai te deixar fazer carinho olhando, por, esse, lado, voc De certa, forma j, virou um especialista em distinguir raas de cachorros, Mas agora, voc quer me ensinar, o mesmo para uma, mquina, Como que e por isso inicialmente Voc vai precisar de dados que podem ser simplesmente muitas e muitas fotos diferentes raas de cachorros, voc alimenta essas fotos para um, modelo e ele por si s apenas observando as fotos vai ter que aprender a diferenciar uma raa da outra Existem diversas maneiras de fazer isso mas ns vamos separar inicialmente em duplas, os mtodos supervisionados e os mtodos, no supervisionados nos mtodos, supervisionados, voc, vai, informar, uma, resposta, automtica, Isso significa que voc vai, dar o que ns chamamos de entrada ou empate e tambm uma sada ou Outplant associada aquela entrada vamos supor que voc d uma foto de um Yorkshire, para mquina, sem dizer que existe um Yorkshire, nela Esse, o implante ou, o valor de entrar, mas voc tambm resolve dar um rtulo ou uma espcie de nome de Yorkshire, para aquela, foto Esse, O seu Oxford voc, tambm poderia, dar a foto de um Golden que, tambm seria um empate e colocar nele, no rtulo de golden que, seria o o pote voc fez, isso e as fotos de todas as raas de cachorro que voc tem no seu conjunto de dados Toda foto ter um rtulo associado, a moral da histria que a mquina Ento vai ter que aprender sozinha algum jeito de relacionar os valores de entrada que so as fotos dos cachorros com, os valores de sada que so as raas deles, no mtodo supervisionado voc, pode lidar Com, a situao de classificao que a situao em que voc quer classificar os dados em certas categorias ou seja raa dos cachorros ou uma situao de regresso e que voc obtm o resultado que no tem clssico por exemplo, o modelo recebe a foto do cachorro e elastina, O tamanho desse cachorro, em, centmetros Yorkshire Golden para, que eu passei, no teste de turismo e os mtodos supervisionados esto muito relacionados com, mtodo de aprendizado de mquina, chamado aprendizado, profundo old, Pilar em, o aprendizado profundo se baseia no uso de uma, ferramenta chamada, redes neurais as Redes neurais imitam, a forma como os neurnios biolgicos do nosso crebro se comunicam entre eles e como eles aprendem me passa informaes uns pelos outros at chegar, em uma resposta assim que voc a olhar um cachorro pug sabe que ele um pug voc observa, o ladinho A Informao passada at o, seu crebro pelos seus neurnios que conversam entre si e chegam concluso que o cachorro um toque essa concluso baseada em anos e anos de dados que voc, Observe s que caso voc, no reconhea a raa possvel que o seu banco de dados de Raas de cachorros no esteja atualizado ou ento voc, simplesmente nunca observou essa raa de cachorros antes as redes neurais fazem algo, similar voc, recebe uma, imagem conversam entre, si e tentam aprender de alguma forma relacionar entrada com, aa e se, foi e feliz ao lado e que Informamos, a rede o que ela deve tentar encontrar em uma relao exatamente, o oposto que acontece com, o mtodo; no supervisionado, No mtodo, no supervisionado ns, No avisamos a rede exatamente o que ela deve aprender e muito menos damos, rtulos nos informamos, os dados, para rede e Ela tem que aprender a separar tudo sozinha por conta prpria.

Imagine que voc tenha vrios tipos de cachorros com, vrias caractersticas cores diferentes tamanhos diferentes e pela um tipo de latido, diferente porque, no um tipo de modelo, no supervisionado pode analisar essas caractersticas e tentar, agrupar em diferentes, grupos Nos quais, cachorros com, caractersticas, semelhantes, fique, nmero, por, Exemplo cachorros com, manchas e grandes podem ser agrupados como, Dlmatas enquanto, o cachorros pequenos e caramelos com, latidos mais, Agudos, podem, ser, agrupados com, o pinchers isso, sem mais, nunca avisarmos, a mquina os rtulos de cada cachorro, sim isso possvel uma mquina que aprendi sozinha dividir os Grupos com base, nas caractersticas S, que ainda existe mais um, o lado de mquina que fica entre, o supervisionado e, no supervisionado esse seria, o aprendizado por reforo em que uma mquina interagem com, o ambiente por meio de aes, em um esquema de tentativa e erro At Aprender o esquema funcionaria, sim uma, mquina, tem, um objetivo, para realizar e ela, faz, uma ao, no ambiente em que ela est inserida se ela conseguir realizar objetivo, ela, ganha, uma, recompensa, se ela no consegue ela, no ganha recompensa, ou, recebe uma, comisso, agora, eu espero que Vocs estejam pensando profundamente o que que uma recompensa dica uma punio, a mquina Favor deixar Boo, sugestes nos comentrios, isso vai acontecendo, a tela maximizar as recompensas e aprender, a realizar os objetivos ainda usando, o cachorros como exemplo. Imagine que voc quer ensinar, o seu cachorro a sentar toda vez que ele senta voc, oferece um petisco como recompensa e quando ele, no senta voc, no oferece nada aps inmeras tentativas ele vai aprender que sempre aquele sentar ele ganha um petisco, nesse, caso, voc, seria, um Ambiente e o petisco seria recompensa Esse um exemplo se usado por, refora um exemplo de uso de aprendizado, por reforo, o alfa gol que aprendeu a jogar gol, no esquema de competio e punio, no final algoritmo ficou to bom em jogar gol que ele venceu, o campeo Mundial humano J agora que voc j conhece os Ramos principais do aprendizado de mquina voc, pode se perguntar mas para que que ns usamos isso, o aprendizado de mquina j est presente nas nossas vidas s que muitas vezes ns nem percebemos por exemplo, se voc chegou nesse Vdeo do YouTube.

Por recomendao do YouTube a recomendao chegou at voc, graas ao modelo de aprendizado de mquina que o YouTube Tem chamado recomendao de sistemas quando voc navega que deu uma rede social em, um anncio aparece esse anncio tambm chegou at voc, para um, sistema de aprendizado de mquina. Quando o seu celular reconhece, o seu rosto ou quando um filtro do Instagram Qual a por ele de gatinhos em voc tambm foram modelo de aprendizado de mquina que fizeram seu computador detectar o que um gosto, o aprendizado de mquina tambm est bastante presente na cincia como Por exemplo nacionalmente ns, podemos utiliz lo para classificar, galxias dentro de nmeros, catlogos tambm podemos usar na Biologia, para entender, estruturas de protenas, ou na medicina, para agilizar, a criao de remdios e tratamentos, ou seja, so inmeras aplicaes, passaram incluindo aplicaes que ns at no imaginar como Por exemplo a recreao 3D de retratos em pinturas ento se voc quiser ajudar, o sistema de recomendao que um aprendizado de mquina do YouTube recomendar mais vdeos do senso todo dia deixa o, like se inscreva porque esses, so os parmetros que ajudam, o sistema entender Quais.

https://www.youtube.com/watch?v=0PrOA2JK6GQ